segunda-feira, setembro 24

Ter o meu próprio fest - uma honra e um orgulho!

sexta-feira, maio 21

AS MINHAS DATAS de METALLICA


terça-feira, maio 18

RONNIE JAMES DIO - 1942 - 2010 RIP


HEAVY METAL CADA VEZ MAIS POBRE!
morreu uma das vozes de BLACK SABBATH...

RONNIE JAMES DIO - Nasceu na cidade de Portsmouth no Reino Unido a 10 de Julho de 1942 e ficou famoso por substituir Ozzy Osbourne à frente dos Black Sabbath. Foi batizado com o nome de Ronald James Padavona, mas cedo adoptou o “nick” de Dio – o nome de um gangster famoso nos EUA.
A sua primeira banda Vegas Kings, deu lugar a outra já famosa os ELF (The Electric Elves) com quem gravou três álbuns, “ELF” (1972), “Carolina County Ball” (1974) e “Trying To Burn The Sun” (1975).
Em 1975 foi convidado por Ritchie Blackmore a integrar a sua nova banda – os Rainbow com quem gravou mais três álbuns, “Ritchie Blackmore’s Rainbow” (1975), “Rising” (1976) e “Long Live Roc’n’Roll” (1978).
Ozzy Osbourne tinha deixado os Black Sabbath em 1977 para seguir carreira a solo e o nome de Dio estava à cabeça para o substituir. O convite partiu do então lider da banda Tony Iommi e James Dio gravou o primeiro LP “Heaven & Hell “ com os Black Sabbath em 1980. No ano seguinte gravou “Mob Rules” e saiu logo de seguida para encetar carreira a solo! Para o seu lugar entrou outro mestre – Ian Gillan.
Sob o nome de Dio, e com músicos como Vinny Appice, Vivian Campbell (agora nos Def Leppard) e Jimmy Bain o cantor gravou onze álbuns começando com “Holy Diver” em 1983 e terminando com “Killing The Dragon” em 2002.
Em 1992 James Dio foi convidado de novo a cantar com os Black Sabbath no álbum “Dehumanizer”.
O cantor tinha agora um projecto com os restantes Black Sabbath – Tony Iommi, Vinny Appice e Geezer Butler, a que chamaram Heaven and Hell. Em 2009 este projecto gravou músicas novas editadas com o nome de “The Devil You Know”. O ano passado fizeram digressão tendo estado anunciados para o festival Metalway em Saragoça, mas não tocaram por doença de Tony Iommi. Em finais de 2009 seria diagnosticado a Dio um tumor no estomago. O cantor foi operado e fez quimioterapia, mas já era tarde. Este ano estiveram no cartaz do Optimus Alive mas o agravamento do estado de saude de Dio deitou tudo a perder. No Domingo dia 16 de Maio, Dio perdeu a luta contra um cancro no estomago aos 67 anos de idade. Existe uma página de condolências no site www.facebook,com
Paz à sua alma… RIP
CM

quinta-feira, abril 22

PETER STEELE 1962 - 2010 RIP


HEAVY METAL MAIS POBRE!

A banda de heavy metal norte-americana Type O Negative perdeu recentemente o seu líder Peter Steele. O músico com 48 anos de idade faleceu no dia 14 de Abril vitima de problemas cardiacos.
Peter Steele nasceu a 4 de Janeiro de 1962 no Bairro de Brooklyn em Nova Iorque e foi baptizado com o nome de Petrus T. Ratajczyk. Este jovem de origem polaca cedo manifestou vontade de ter uma banda. Primeiro foram os Fallout ainda nos anos 80, e logo os Carnivore com quem gravou dois álbuns com algum sucesso.
Em inicio da década de 90 Peter Steele funda uma nova banda a que chamou Subzero, a sonoridade era diferente, entre o doom-metal e o gótico. Antes da edição do primeiro álbum “Slow Deep And Hard” pela independente Roadrunner Records a banda resolve mudar o nome para Type O Negative.
A formação era composta por Peter Steele (viola baixo e voz), Josh Silver (teclas), Keny Hickey (guitarra) e Sal Abruscato (bateria).
Em 1992 editam o segundo álbum “The Origin Of The Feces” um disco com capa censurada que lhes valeu alguma popularidade.
Em 1993 seria a vez da consagração com o excelente “Bloody Kisses” e digressões um pouco por todo o mundo. Os quase 2 metros de Peter Steele sairam nús na magazine Play Girl… o homem já era famoso e ficou ainda mais… nas festas costumava avisar os gays… “não se metam comigo”… porque seria?
Em 1995 Abruscato sai e para o seu lugar entra Johnny Kelly.
Em 1996 editaram “October Rust” e foi por esta altura que os vi pela primeira vez na Holanda. Conheci um homem imponente, algo timido e sempre de copo de tinto na mão…
Em 1999 editaram “World Coming Down” e começaram os problemas com a dependência de drogas duras. Em 2003 sai o último álbum para a Roadrunner “Life Is Killing Me”.
Um novo contracto discográfico desta vez com a importante companhia alemã SPV. Um DVD é a primeira edição dos TON - “Symphony For The Devil” – em 2006. É ainda editado um EP com três versões de músicas famosas de Carlos Santana.
O primeiro álbum para a SPV “Dead Again” é editado em 2007 e a digressão trouxe-o a Lisboa em Julho desse ano. O concerto no Coliseu dos Recreios foi bombástico mas Peter Steele estava embriagado em palco… mesmo assim foi um grande concerto!
Peter Steele era apologista de vinho, ao ponto de criar um país ficticio - Vinland com bandeira e tudo. A esta hora a bandeira verde e negra deve estar a meia haste! Descansa em paz!
Segundo informações difundidas pela banda os Type O Negative acabam aqui! É triste...
CM

quarta-feira, abril 14

VINIL USADO PARA VENDA - Abril 2010


VINIL para VENDA – Abril 2010
UB40 – Live In Moscow 1987
PRESIDENT FETCH – The Eternal Need… 1987
TED NUGENT – Penetrator 1984
QUEEN – Live Magic 1986
PINK FLOYD – The Final Cut 1983
BON JOVI – Keep The Faith 1992
MR. BIG – Live 1992
UDO – Timebomb 1991
PESTE & SIDA – Portem-se Bem 1989
FAITH NO MORE – Live at Brixton Academy 1991
BLUE OYSTER CULT – Club Ninja 1985
BARON ROJO – Tierra de Nadie (Maxi) 1987
CENSURADOS – Confusão 1991
NIRVANA – In Bloom (Picture EP) 1991
LED ZEPPELIN – Presence 1976
CASABLANCA – Tanto 1989
BULLDOZER – IX 1988
QUEENSRYCHE – Empire (duplo) 1990
DIRE STRAITS – Brother In Arms 1985
WILLIE NELSON – Always On My Mind 1982
MST – Last Action Hero (vários) 1993 (PROMO)
THE TRAVELING WILBURYS – Traveling Wilburys 1988
THE POLICE – Every Breath You Take (The Singles) 1986
PEDRO ABRUNHOSA & BANDEMÓNIO – Noite na Noite (EP) (PROMO) 1999
DYLAN & THE DEAD – Dylan & The Dead 1989
IBÉRIA – Heroes Of Wasteland 1990
IBÉRIA – Ibéria 1988
NEIL YOUNG – Freedom 1989
TROVANTE – Terra Firme 1987
THE BEATLES – Live In Japan 1966 (pirata)
RESISTENCIA – EP (PROMO)
PARADOX – Product Of Imagination 1987
SAXON – Destiny 1988
DRIFTER – Reality Turns To Dust 1988
ACCEPT – Live In Japan 1985

Vinil guardado religiosamente desde 1988… aceito ofertas!
metalcamera@gmail.com ou 936902132

Mais titulos a acrescentar…

quinta-feira, março 18

SPEL - 1981 - 2000


Foram 19 anos de trabalho com quimicos!
Trabalhei na Sociedade Portuguesa de Explosivos de 1981 ao ano 2000...
Percorri quase todas as secções, desde os Explosivos Civis até ao Material de Defesa, TNT, Ácidos e Nitroglicerina.
Na oficina K300, ou Kontinitro 300 trabalhei uns 3 anos... depois passei para os Ácidos para trabalhar por turnos.
A K300 sempre trabalhou com 3 pessoas, o chefe Magnaldo, o Gualdino e o Maltez.
Depois entrei eu para aprender e o Magnaldo passava menos tempo na produção, ele já tinha quase 40 anos de produção. Havia um quarto elemento no Parque de Ácidos - o António Silva que fazia as mituras sulfonitricas (oleum sulfurico e ácido nitrico concentrado).
A oficina era em madeira, o chão era em chumbo, eram dois andares juntos por uma escada em madeira sólida. No misturador estavam sempre 300 kg de nitra em mistura... aquilo produzia 300 kg de nitroglicol por hora. Tinha um sistema de arrefecimento com água a 2º C...
Confesso que a principio me assustei quando me disseram, "se isto rebenta nem te encontram para o funeral"... nunca rebentou! O trabalho não era nada de mais, mas era perigoso... e era muito preso... muitas vezes entrava às 8 da manhã e só saia às 10 da noite... muita hora extra ganhei nesta altura! Monetáriamente era muito bom. Acho que nunca ganhei tanto dinheiro. Mas quase não via a familia!
CM

terça-feira, março 9

O SAL - inimigo público nº 1


Sem ter conhecimentos médicos, aventurei-me a escrever sobre saúde!
É por uma boa causa...
Sabe tão bem que ninguém diria que aos poucos nos vai estragando a saúde! Habituamo-nos de pequeninos ao sabôr do sal de cozinha e temos tendência para consumir mais do que é necessário. Os excessos é que nos matam!
No caso do sal, não só nos mata como nos estraga a “máquina”, as artérias, os pulmões, aos poucos vai-nos tirando a saúde e a pouca qualidade de vida! Os médicos dizem que 5 gramas diárias são o suficiente, eu acho que nós consumimos o dobro… e que 2 gramas chegavam bem…
Nós alentejanos temos a mania do sal, tudo leva tempero, antes ou depois de se consumir… o sal está sempre presente, seja na açorda, nos enchidos, nas carnes salgadas, no presunto… ora isto é muito sal!
Está provado que se o leitor comer por dia duas fatias de pão, já consumiu o sal necessário ao seu organismo… todo o restante está a mais e vai fazer-lhe mal, mais tarde ou mais cedo.
A partir dos 40 anos verifique regularmente a sua tensão arterial, evite um AVC, cortando desde já o sal…
Comece por coser os vegetais só com água, um de cada vez, batatas, cenouras, broculos, couve-flôr, etc e aprenda de novo o sabôr das coisas sem sal… corte 50% na preparação de açordas, migas, ensopados…
Corte também da sua alimentação os enchidos, os enlatados e a comida “fast-food”… coma menos carnes vermelhas e mais peixe.
Nos temperos use ervas aromáticas em vez de sal.
Se o estimado leitor for diabético, fale com o seu médico de familia, pois você precisa mais sal do que uma pessoa normal.
Se já tem a tensão arterial elevada veja-a baixar cortando a comida com sal… no início pode não saber muito bem, mas aos poucos vai ver que não custa nada e a sua saúde agradece! O sal deixou de ser um conservante no século XIX para nos arruinar a saúde no século XXI…
AM

quarta-feira, fevereiro 24

A IMPORTÂNCIA dos CLUBES de FÃS





Os fãs fazem a diferença na popularidade de muitas bandas musicais!
Os clubes de fãs, agora que a internet tornou o mundo muito mais pequeno, nascem como cogumelos e prestam um serviço difícil de igualar. As bandas e as editoras agradecem… oferecem apoio, camisolas, bilhetes para os concertos, etc… anda toda a gente feliz!
Os Metallica tem um super Clube de Fãs nos EUA chamada MetClub www.metclub.com é oficial, controlado pela banda e publica uma magazine de três em três meses. No nosso país há dois chapters oficiais, o Portugallica www.portugallica.com e o Lusatarium www.lusatarium.com ambos tem feito um excelente trabalho na angariação de novos fãs e sempre que a banda toca em Lisboa avançam com encontros e são sempre os primeiros na frente de palco.
Em 2007 os Metallica levaram para os EUA a faixa do clube de fãs Portugallica.
Os Manowar também tem um clube de fãs aguerrido em Portugal – os Lusitanian Warriors www.lusitanianwarriors.blogspot.com
Os Motörhead são mais modestos e o clube de fãs inglés não é tão famoso. O clube Motörheadbangers http://www.alanburridge.freeuk.com/mhb/ … (carolice de um fã inglés) existe desde os anos 80 e publica tambem uma magazine.
Em Portugal os fãs de Motörhead tem um blog em www.motorheadbangersportugal.blogspot.com onde publicam alguma informação relativa à banda de Lemmy. Os Motörhead, soube-se agora vem tocar este ano ao Rock In Rio no dia 30 de Maio na Quinta da Bela Vista em Lisboa.
Os norte americanos Kiss www.kissonline.com tem uma das mais rentáveis claques de fãs a Kiss Army com ramificações em todo o mundo incluindo a secção portuguesa www.myspace.com/kissarmyportugal
Os fãs portugueses dos Tokio Hotel tem um excelente blog em http://tokiohotelfans.blogs.sapo.pt/ onde mostram informações gerais sobre esta banda alemã.
São novos mas tem também uma excelente frente de combate – os norte-americanos 30 Seconds To Mars www.myspace.com/thirtysecondstomars tem também uma secção portuguesa
Um dos clubes de fãs mais antigos do mundo é sem dúvida o dos Rolling Stones no Reino Unido http://www.iorr.org/ que divulga as actividades da banda desde 1980.
As bandas portuguesas tem também clubes de fãs activos com destaque para a Nação UHF com myspace em www.myspace.com/encontronacaouhf e o célebre Clube X dos Xutos & Pontapés apadrinhado pela própria banda em www.xutos.pt
A Blasted Mechanism Nation www.blastedmechanism.com também tem feito um bom trabalho e juntamente com a banda o ano passado levou um avião cheio de fãs aos Açores para o lançamento do novo álbum.
Também os nossos Moonspell tem uma excelente "street team" em www.moonspell.com
Está provado que ter um clube de fãs aguerrido é meio caminho andado para o sucesso!
CM

terça-feira, fevereiro 9

20 ANOS de HARD'n'HEAVY no DIÁRIO POPULAR


Fez esta semana 20 anos que me iniciei nos meios jornalisticos! Foi precisamente no dia 9 de Fevereiro de 1990… lembro-me de ter entregue os textos e as fotos que iriam ocupar ¾ da página, uns dias antes e no sábado de manhã (o jornal era vespertino) estava na gráfica do Bairro Alto para ver a rotativa a funcionar… Tudo isto para mim era um sonho! Lembro-me de ter pegado num dos primeiros jornais e lembro-me como se fosse hoje do cheiro a tinta fresca…
O sonho de ser jornalista tinha nascido dois anos antes quando iniciei a impressão em xerox da fanzine Hard’n’Heavy, a primeira fanzine portuguesa a ser impressa com fotos originais… as minhas!
Até aí quem imprimia fanzines, já que não havia revistas especializadas em português, usava as fotos recortadas de magazines como a Metal Hammer (inglesa) ou Hard Rock (francesa)… Foi se calhar por isso que quem leu a carta que enderecei ao Diário Popular, se interessou e me marcou uma reunião, onde acertámos tudo para começar a editar uma página semanal sobre Heavy Metal!
Trabalhar num grande jornal como o Diário Popular, foi uma escola para mim! Habituado a este jornal desde miúdo, ter uma página quase inteira para escrever sobre a música que eu gostava, foi muito mais que um sonho! Na primeira página, escrevi sobre Alkateya, Ibéria e Candlemass… o quarto de página que sobrava era ocupado pelo “airplay chart” do Rock’n’Stock de Luis Filipe Barros na Rádio Comercial (a quem mando um abraço – pois ainda está no activo na Antena 1).
Duarante quase dois anos redigi, divulguei, fotografei religiosamente bandas portuguesas e estrangeiras. Dava trabalho pois nesta altura não havia internet nem e-mail, e as coisas chegavam todas por correio ou pela visita às editoras em Lisboa.
Nesta altura havia em Lisboa três jornais vespertinos, o Diário Popular, o Diário de Lisboa e A Capital… foram fechando uns atrás dos outros… A Capital aguentou-se até 2005… Agora já não há vespertinos!
Quando o Diário Popular fechou, o “bichinho” já estava instalado… fácilmente arranjei um “cantinho” no Diário do Alentejo, onde tinha muitos amigos… mesmo sem ganhar nada, a página Hard’n’Heavy passou então para o DA isto em 1992 ou 93…
Em 1995 a página Hard’n’Heavy passou para o jornal A Capital… e durou 10 anos… era dos poucos jornais a ter uma coluna dedicada ao heavy metal…
Apesar de não ter agora nome esta coluna semanal que o estimado leitor, segue semana após semana, já faz parte da história!
Finalmente deixei gradualmente de assinar Cameraman Metalico por causa da carteira profissional. Modernices…
A página semanal do Diário Popular, deu agora lugar a um site www.hardheavy.com onde regularmente meto os escritos que se editam no DA.
Longa vida ao HEAVY METAL.
AM

segunda-feira, fevereiro 1

AGRADECIMENTO PÚBLICO


Na impossibilidade de o fazer de outra maneira, quero agradecer ao Hospital Garcia de Orta, todos os medicos, neurocirurgiões, enfermeiras, pessoal auxiliar e voluntários que me trataram durante o meu internamento de 19 a 26 de JAN 2010.
Toda esta gente foi uma constante à minha cabeceira e nada tenho a dizer do serviço, pelo contrário!
Bem hajam todos... AM

domingo, janeiro 3

O MELHOR de 2009 - discos


terça-feira, dezembro 29

OBRIGADO PELAS FACILIDADES EM 2009


BOM ANO NOVO A TODOS OS AMIGOS NA:
EVERYTHING IS NEW, MUSICA NO CORAÇÃO, PRIME ARTISTS, ROCHA PRODUÇÔES, XINFRIM, FMM, IN-LIVE CAFÉ, SIDE B, TOURNÉE, PORTO EVENTOS, FLOYD, UNIVERSAL MUSIC, SONY MUSIC, WARNER, LISBOA AGÊNCIA, UHF, XUTOS & PONTAPÉS, BLASTED MECHANISM, ATTICK DEMONS, MOONSPELL, TARANTULA, DEOLINDA, FOGE FOGE BANDIDO, MÃO MORTA, etc...
MUITA SAÚDE PARA 2010!

sábado, dezembro 12

ANITA STANHOPE (RIP) - 1950-2009


A minha amiga ANITA STANHOPE faleceu no dia 9 DEZ 2009 vitima de problemas cardiacos.
Uma amiga construiu-lhe um memorial em:
http://www.pbase.com/digitalnuts/tribute_gallery_to_anita_stanhope
Conheci-a no fickr e estabeleci amizade a partir daí...
Aqui está o profile dela:
Self taught artist. Born in Atlanta , Georgia, USA.
Grew up in Macon, Georgia.
I have one grown son.
Married my current husband in 2001 and now I
live on Florida's Gulf Coast.

I also have an invitation only group that is private and now and then I invite some people that I think have a special gift of seeing beyond the obvious. When you look at something and are thinking about how the light reflects on it, or how many shades of blue you see, you probably have IT!
I am super busy but I do try to invite people often.

I do appreciate being invited to groups and all that and I would join them all but I don't have enough time to do all the requirements as a member so if I don't join please don't be offended. I am overwhelmed at the moment trying to do comments and all that. If I haven't commented, I will get to you eventually. I still need some time for painting and sleeping.

For digital art, I use Corel Painter X, Paint Shop Pro, Twisted Brush, Photoshop CS, and once in a while others.

For traditional art, I love watercolors, oils, and others sometimes. I am very creative using all sorts of materials.
If you want to use my pictures for something, please let me know first. Some of the portraits may need permission from the person also. Thanks!

View my DNA at bighugelabs.com

Thank you to everyone who makes comments on my work, invites me to groups, etc. It is a little overwhelming at times so if I haven't personally responded to you yet, please be patient. I do appreciate you so much.
Anita

quinta-feira, novembro 5

RIP ANTÓNIO SÉRGIO



A semana passada perdemos um amigo - nada menos do que o melhor radialista de todos os tempos! Um homem que respirava música, vivia para a música, sabia tudo de música, fosse punk, heavy ou rock... escrevi umas linhas no DA... sai amanhã sexta-feira 6.11.2009

António Sérgio – Calou-se a voz do “lobo”
O radialista António Sérgio Ferrão faleceu de crise cardíaca no passado Domingo dia 1 de Novembro, com 59 anos de idade. Conhecido como mentor de programas como o “Lança-Chamas”, “Som da Frente” ou “A Hora do Lobo” entre outros, na Rádio Comercial, o “mestre” como era conhecido tinha completado 40 anos de rádio havia pouco tempo.
António Sérgio nasceu em 1950 e iniciou-se na Rádio Renascença em 1968 pela mão do pai. Depois do 25 de Abril com a nacionalização do Rádio Clube Português, mais tarde Rádio Comercial – António Sérgio foi convidado para a nova estação por João David Nunes e depressa conquistou audiências, primeiro com o programa “Som da Frente” e depois com o “Lança-Chamas” aos sábados à tarde.
Foi em finais dos anos 80 que eu o conheci. Acabei por visitar o estúdio da Rua Sampaio Pina em Lisboa e assistir ao vivo a muitas emissões… A equipa que fazia o “Lança-Chamas” Ana Cristina Ferão (a companheira), Paulo “Scorp” Fernandes e Gustavo Vidal, divulgaram durante quase uma década o heavy metal em todos os seus estilos.
Quando a Rádio Comercial foi privatizada em 1993, o “Lança-Chamas” acabou e António Sérgio mudou-se para a nova rádio XFM, onde divulgava “blues” no programa “Grande Delta”, mas a XFM durou pouco e em 1997 voltou à Rádio Comercial para outro grande programa “A Hora do Lobo”, que esteve no éter quase 10 anos até 2007. O facto de António Sérgio ter um programa de autor, onde quem escolhia as músicas era ele devia fazer confusão a quem inventou o sistema de “play-lists”… vai daí dispensaram o Sérgio da Rádio Comercial em 2007.
Esteve pouco tempo no desemprego, já que Luis Montez o convidou para a nova rádio Radar onde António Sérgio emitia o programa “Viriato 25”… antes de falecer tinha gravado um programa…
Perdeu-se assim um grande homem da rádio, dizem que o último com programa de autor, um verdadeiro entendido em música, que respirava música, e vivia para a música. Muitas bandas lhe devem o sucesso que tem hoje. Muita gente lhe prestou homenagem na 2ª feira… mais de 200 pessoas acompanharam-no à última morada no Cemitério dos Prazeres em Lisboa. Que descanse em paz!
A música desta semana é dedicada a ti companheiro…
AM

sábado, outubro 3

HARD HEAVY TV

Estivemos no Metalway Fest de Saragoça este ano. Aqui está a reportagem televisiva. Espero que gostem! CM


quarta-feira, agosto 19

RAMP estão de boa saúde!


O comunicado da Street Team dava conta do encerramento de hostilidades... deles não da banda!
Ainda bem que percebi mal... os RAMP fazem cá muita falta!
O fan clube oficial chama-se agora: RAMP METAL ARMY
Long live RAMP

terça-feira, agosto 18

MÁ NOTICIA... RAMP acabam carreira!


Noticia publicada no Street team da banda!
Foi pena - CM

Vamos ver o que será RAMP ARMY

quarta-feira, agosto 5

EXPO na FIGUEIRA da FOZ - o cartaz oficial


Por acaso gosto e até me favorece!
CM

domingo, agosto 2

EXPO NA FIGUEIRA da FOZ


Convidaram-me a expôr no NIKTOS BAR da Figueira da Foz. Será dia 22 de Agosto e tera também sessão de autógrafos. Fiz o cartaz mas não agradou... estou à espera do deles... mas para que conste!
São fotos de outras expos, em variados formatos! Apareçam... sempre se bebe um copo e mete a conversa em dia...
CM

quarta-feira, julho 29

ADIVINHEM QUEM VOLTOU?


A SUPER FM... depois de 10 anos em hibernação está de volta ao éter na frequência
104.8 Mhz - Emitem a partir de Alcochete!
Só se deve ouvir na grande Lisboa... Venha rock!
CM

segunda-feira, julho 20

AT THE FRONT ROW




www.atthefrontrow.blogspot.com
Novo blog com as fotos do pessoal da 1ª linha!
Peçam as fotos, elas aparecerão!
CM

sexta-feira, julho 17

AMOR AO HEAVY METAL



O facto de se gostar de um estilo musical tão peculiar como o heavy-metal derruba barreiras!
Que o diga Nuno Fonseca, mais conhecido em Beja e junto da comunidade “headbanger” por Nuno “Thrasher”. O Nuno é um excelente rapaz, conheço-o há uns 20 anos das andanças para Cascais. Nas últimas duas décadas este jovem tudo tem feito para divulgar o som de que gosta, tornou-se DJ, já chegou a passar música em Lisboa e é um conhecedor da história do heavy metal dos mais conceituados. As bandas portuguesas conhecem-no bem e foi assim que o convite para três bandas de heavy tocarem em Beja partiu. Primeiro contactou a Casa da Cultura, e quando teve luz verde, tratou pessoalmente do PA, pagando do seu bolso…
As bandas portuguesas tocam pelas despesas, ou seja de borla… contam-se pelos dedos as bandas de heavy metal que recebem “cachet”…
Foi o que aconteceu em Beja no passado sábado, os Desire, os Decayed e os The Spektrum deslocaram-se a Beja para um concerto de heavy metal na Casa da Cultura.
O facto do Nuno não ter experência a organizar concertos não o demoveu. Tratou do alojamento das bandas, do restaurante, etc…
E parecia que ia tudo bem, mesmo a perder dinheiro… Já que o preço simbólico do bilhete não chegou para as despesas. O pior de tudo a meu ver foi a divulgação do evento. Beja tem agora menos juventude por causa das férias escolares, e devia ter apostado nas vilas e aldeias do concelho…
Mesmo assim veio gente de Lisboa, Ferreira do Alentejo e Pinhal Novo, tudo à conta da Irmandade Metalica.
O concerto correu bem, para algumas dezenas de pessoas (com outro concerto a decorrer no Pax Julia)… Primeiro os The Spektrum vieram de Leiria mostrar o seu álbum “Daemonicus Awakening” editado este ano para a Noise Head Records da Austria. São novatos mas tem vontade e a música está bem composta. De seguida os Decayed, uma das bandas de black-metal mais antiga no nosso país… o guitarrista J.A. dirigiu da melhor maneira apesar dos problemas técnicos. O vocalista tem presença, mas o visual “skin” pouco tem a ver com heavy-metal.
A terminar os grandes Desire…. Bem esta banda existe desde 1992! Já tiveram um contracto com a Movieplay e agora editaram por conta própria. A técnica desta peculiar banda é exemplar e o heavy-metal que praticam único no nosso país. Chamemos-lhe “heavy-metal atmosférico”, acho que a banda gosta desse rótulo. Os músicos Tear, Flame e Mist são fundadores. Os Desire tem um EP novo para divulgar e foi isso que tocaram em Beja, entremeado com as malhas antigas. O novo disco chama-se “Crowcifix”.
Agradecimentos ao “promotor” pelas facilidades concedidas.
CM

terça-feira, julho 7

METALWAY FEST 2009 - Saragoza a ferro & fogo




Antes de irmos:
Não nos chegam os festivais portugueses! Tinhamos de meter uma perna em Espanha e ir espreitar como se safam “nuestros hermanos”. O destino é a partir de hoje a cidade de Saragoça (900km + coisa – coisa desde Lisboa), onde a partir de dia 20 se realiza o festival Metalway, porventura o melhor festival europeu de heavy metal clássico. Tinhamos de ir…
O festival desenrola-se em dois fins de semana, custa 175 euros se o bilhete for comprado com antecedência (100 euros por fim de semana se for comprado no dia)… ao todo estarão em palco 44 bandas repartidas por 4 dias de festival a 20 e 21 de Junho e depois a 26 e 27 de Junho… Também há bilhetes para um dia a 60 euros!
Os concertos começam com pontualidade britânica às 11 da manhã e no primeiro dia bandas como os WASP, Baron Rojo, Samael, Europe, Blind Guardian entre outros pisarão o palco. No segundo dia será a vez de Heaven & Hell ( a versão Dio dos Black Sabbath), Opeth, Paradise Lost, Moonspell, Fear Factory, Saxon, Lita Ford entre outros…
No segundo fim de semana as bandas Manowar e Motörhead serão cabeças de cartaz e ainda Warlock (a primeira banda de Doro Pesh), Tesla, Apocalyptica, Twisted Sister, Stratovarius, Candlemass, Immortal, Primal Fear, entre outros!
O local mudou agora para o Parque Robin dos Bosques em Saragoça e espera-se enchente. O sitio agora escolhido está equipado com parque de campismo mediante pagamento de taxa (3,5 euros tendo bilhete).
O promotor oferece um concerto gratuito hoje 19 de Junho a todos os que já se encontrarem no recinto e subirão ao palco bandas espanholas como os Obus, Extrema e Angeles del Infierno e ainda os suecos Bullet e a banda de versões The Highway To Hell Band (tributo a AC/DC).
O DA estará presente com o apoio da SUPER BOCK. Para a semana contamos como foi!
CM



primeiro fim de semana:
E tudo o vento levou!
Nunca me passou pela cabeça, fazer 900 km desde Lisboa e apanhar com uma tempestade... O clima aqui é de deserto, e o vento que se fez sentir nos primeiros dois dias de festival fez-nos pensar que tinhamos vindo em vão... O espaço é amplo, mas não tem uma única árvore... e tudo, mas tudo está preso ao chão com estacas. O próprio palco é aberto no fundo, para o vento escoar... Só para o estimado leitor ter uma ideia de passar um festival com 20 horas com vento, a cerveja voava dos copos! Nunca tinha apanhado nada disto! Cerveja a 8 euros cada copo de meio litro que os espanhois não brincam... O festival não gira à volta da música, gira à volta dos bares... a comida é que é fraquita! O campismo também me pareceu fraquito e sem as mordomias dos nossos com casas de banho, chuveiros e segurança... espetar uma estaca no solo era uma aventura e encontrar a tenda no sitio onde se tinha espetado, outra! Muitas voaram com todos os pertences...
E com tanto vento, não apetece mais nada do que a última banda e cama... são muitas horas de pé e muita banda por dia! Um inferno!
Sábado dia 20 – Por sorte chegámos no dia anterior e deu para dormir umas horinhas antes da primeira banda... não lembra a ninguem começar um festival às 11 da manhã... O pessoal já se amontoava na entrada e mesmo poucos fizeram a festa. Bandas em inicio de carreira como os Sabatan, já tinham gente no recinto! Depois os alemães Axxis a darem um bom concerto, os Suiços Samael também estiveram bem, e os thrashers Sodom deram um concertão!
O melhor da tarde foi sem dúvida a nova banda de Duff McKagan (ex- Guns Roses e ex- Velvet Revolver) a detonar um ótimo hard rock à moda antiga. O público gostou e a banda presenteou-os com versões de Guns, AC/DC e outros classicos do rock.
Os norte americanos Riot estiveram bem e os Suecos Europe tambem... com toda a gente a cantar o “Final Countdown”...
Ainda de dia tocaram os WASP com o Metalway a mostrar-nos um Blakie Lawless ainda capaz apesar dos 53 anos de idade.
Para terminar os alemães Blind Guardian e os suecos Children Of Bodom...
Os espanhois Baron Rojo reuniram-se de propósito para o festival... mas já não os vi... o cansaço era demais!
Domingo dia 21 – Meia dúzia de horas de sono e segunda corrida... isto de enfiada moi um pedaço... E nada melhor do que começar a jornada com meio litro de “San Miguel”... vá “cañas”!
Já não vimos a filha de Steve Harris – Lauren Harris e a sua banda para pena nossa, mas assistimos ao concerto de Heavens Basement e à bombástica Lita Ford de 51 anos de idade... mas com uma aparencia muito mais jovem. A veterana rocker norte-americana fez-nos esquecer a ventania por cerca de uma hora e esteve realmente bem.
Os ingleses Paradise Lost tinham muitos fãs no recinto, e o antigo vocalistade Savatage – Jon Oliva e a sua nova banda também.
Os Opeth deram um bom concerto e não se entende como tocaram antes dos espanhois Warcry, que achei fraquitos.
A bronca do dia aconteceu quando a organização anunciou que os Fear Factory não iriam tocar, por terem cancelado toda a digressão europeia e já com o palco de Heaven & Hell montado veio-se a saber que o guitarrista Tony Iommi tinha tido um acidente e não podia tocar... ia caindo o Carmo e a Trindade... muita gente a pedir os euros de volta e a restante banda a subir ao palco para pedir desculpas! O vocalista Dio chegou a ajoelhar-se... ia ser um grande concerto! Agora falta saber se a banda toca para a semana, ou se devolvem os 60 euros do bilhete diário! A fechar estiveram os Saxon tambem muito bons mas o pessoal ficou a salivar pelas malhas de Black Sabbath que não ouviu!
Hoje sexta-feira a festa continua com Manowar, Motörhead, Twisted Sister, Candlemass e companhia... só espero que o vento tenha emigrado!
CM em Saragoça com o apoio da SUPER BOCK...



segundo fim de semana
Assim vale a pena!
Foi uma odisseia, este festival, mas as coisas assim com paixão é que sabem bem…
Nos quatro dias livres rumámos aos Pirinéus (que conhecia mal) e percorremos os pequenos “pueblos” de Aragão e Catalunha. A zona é das mais bonitas de Espanha e os rios continuam limpos e a correr, no alto das montanhas há ainda neves eternas e no Inverno esta é a parte mais procurada pelos amantes do ski.
Quando regressamos a Saragoça o tempo tinha melhorado e o vento estava fraco. No festival aproveitaram para melhorar o palco, acrescentar o fundo e o calor foi o inimigo dos dois dias… mas como disse na passada semana os bares eram cobertos e as três tendas albergavam mais de 3.000 pessoas…
Sexta – 26 Junho
Os concertos começaram cedo, ainda o sol não esturrava a cabeça e um boné era o nosso melhor amigo… bandas em inicio de carreira como os norte americanos Black Stone Cherry deram um bom concerto. Os Prong também estiveram bem e os Epica com um heavy metal sinfónico demolidor deram cartas.
Os Amon Amarth tocam thrash e foram das bandas mais pesadas a pisar o palco deste Metalway 2009. Depois uma surpresa – Os Tesla, norteamericanos dedicados ao hard rock e com muita genica. A ex-vocalista de Nightwish – Tarja apareceu com uma super banda onde militavam o guitarrista dos Angra – Kiko Loureiro, o baixista dos Living Colour, o baterista dos Rage e ainda um ex-Apcalyptica no violoncelo – brutal a sua actuação.
Os mestres do violoncelo Apocalyptica estiveram bem mas agora com bateria, a música já não soa igual. Despediram outro violoncelista… Aventuraram-se mesmo a utilizar um vocalista…
Os norte-americanos Queensryche estiveram fracos e quem levou o prémio de melhor banda da noite foram os Twisted Sister com Dee Snider a dar um concertão! O vocalista gostou tanto da reação do público que cantou a mesma canção duas vezes… de seguida!
Os Motörhead estiveram bem e iguais ao que sempre foram – um bastião do hard rock dificil de igualar! Lemmy comandou e as tropas obedeceram… é sempre assim e os clássicos soaram tambem em Saragoça!
A fechar os regressados Warlock com Doro Pesh na voz… achei fraco comparado com os concertos que já vi dela a solo.
Sábado – 27 Junho
Para terminar em beleza o festival tinha grandes nomes guardados. Abriu com os norte-americanos Holyhell, que estiveram bem, depois os Candlemass também deslumbrantes apesar do novo vocalista não chegar aos calcanhares de Marcolin.
Tambem gostei dos Primal Fear, dos Dark Tranquility apesar do peso e dos nossos Moonspell cada vez mais rodados e a ter uma recepção em Espanha digna de registo. O facto de tocarem ainda de dia não os molestou e deram um grande concerto.
Os Gotthard detonaram o seu hard rock demolidor e os Statovarius apesar de já não terem o seu guru Timo Tolki também estiveram bem.
Fiquei sem fala ao assistir à actuação dos Immortal. Pensei que black-metal seria selvajaria e serralharia mas não… os temas até se escutavam bem e a banda chegou a cuspir fogo em palco e a usar pirotecnia. Os fãs de Manowar aguentaram na frente toda a actuação e prepararam-se para os “kings of metal” – os Manowar!
A banda de Joey DiMaio teve o mérito de quase encher o recinto (umas 15.000 pessoas) e dar um concerto onde não faltou nada, grandes malhas, fã em palco a tocar guitarra (muito bom por sinal), beber uma lata de cerveja de um só gole, e a terminar Joey a esmifrar as cordas do seu baixo, num festival de som e de entrega por parte dos fãs.
Há fãs de Manowar que podem ver isto mil vezes sem se cansar e a banda sabe isso… No final fogo de artificio e ala para as tendas… no chão ficaram milhares de copos de cerveja, mostrando que foi um bom festival, muita música, muita “caña” e muita diversão. Afinal de contas a vida são dois dias e são estas pequenas coisas que ficam na memória.
CM em Saragoça

sexta-feira, julho 3

SUPER BOCK EMBELEZA LISBOA



As 5 guitarras pintadas pelos concorrentes do último passatempo levado a cabo pela Super Bock já se encontram nas ruas de Lisboa! Com quase 3 metros de altura as guitarras podem ser vistas no Rossio, Restauradores, Saldanha, Marquez de Pombal e Largo Vitorino Damasio (perto do Johnny Guitar)...
São bonitas vamos lá ver o que duram...
CM

quinta-feira, junho 18

LUIS FILIPE VIEIRA À PRESIDÊNCIA do BENFICA!



Acredito em si presidente!
A concorrência é que é de franzir o nariz... o Veiga? Coitadito, O Moniz... ???
Fez bem em contratar o Jesus... tenho fé nele, por mim ainda contratava mais portugueses! É pena eu não ser sócio - o meu voto era seu!
Força Vieira e força S. L. Benfica - CM

quarta-feira, junho 17

T-SHIRTS USADAS PARA VENDA


Wacken Open Air 98 – tie die preta XL (usada)
Devil Driver 2008 – preta XXL (nova)
Metallica Live Shit – tie die azul e verde (nova) XL longsleeve VENDIDA
Metallica 1994 – branca tipo basket (nova) VENDIDA
Kerrang – preta XL – (nova) VENDIDA
Jimi Hendrix – branca XL (usada)
25 Ta Life – preta S (girlie elástica) (nova)
Pearl Jam – No Code – Preta XL (usada)
Eddies Bar – branca (a primeira) XL (usada) VENDIDA
Sick Of It All – amarela com barras pretas – XL (usada)
Vilar de Mouros 99 – Preta com malhas brancas L (nova)
Slayer 1989 – branca – L (muito usada) VENDIDA
Aerosmith 1999 – branca XL (usada)
Aerosmith – preta long sleeve L com logo lilás
Iron Maiden – 1988 L (muito usada) (já sem mangas) a minha 1ª shirt VENDIDA

terça-feira, junho 16

MORE STUFF TO SELL...

Estes são na maioria promos e não tem caixa plástica!

ENSHADOWED "Mensagers Of The Darkest Dawn" 2002
ENGINE "Superholic" 2002
PSYCHOPUNCH "Kamikaze Love Reducer"2005
DARK FUNERAL "Diabolis Interium" 2002
PALLAS "The Cross & The Crucible" 2001
GLORY "Kite Of Love" EP 2000
GRIFFIN "Wastland Serenades"
MITHRAS "World Beyond Veil"
SCEATCC "Pathetic Being" 2001
AGATHODAIMON "Chapter III" 2001
THUG MURDER "The 13th Round" 2001
BAL SAGOTH "Atlantis Ascendant" 2001
LAST RITES "Mind Prison" 2003
SANCTUS "Aeon Sky" 2000
VADER "Litany" 2000
DIES IRAE "Immolated" 2000
VIRUS 7 "Sick In The Head" 2000
FLESHTIZED "Here Among Thorns" 2001
KATATONIA "Discouraged Ones"
MEMORY GARDEN "Verdict Of Posterity" 1998

faltam titulos...

quinta-feira, junho 11

DEATH METAL CDs TO SELL

São CDs da década de 90 que eu não oiço!
Nunca gostei muito do estilo death metal, nunca escondi que até Sepultura, Slayer, Pantera ainda oiço... daí para a frente, já não dá! Não mexe comigo, não me diz nada...
Sinceramente prefiro grunge, southern rock ou fados a death metal e acho que ninguém me pode criticar por isso. Eu sou um gajo frontal... quando não gosto, não faço fretes!
Stay heavy!

Aqui está a lista, façam as vossas ofertas e logo se vê se há negócio:

THROWDOWN "Haymaker" - Roadrunner 2003
HOUSE OF SHAKIRA "On The Verge" SPV 1998
FACE DOWN "Mindfield" Roadrunner 1995
ANCIENT "The Cainian Cronicle" Metal Blade 1996
COPLIC RAIN "Clarions End" Modern Music Records 1996
MITOCONDRIAS "Tiempos Dificiles" Independent Records ?
FATAL OPERA "The Eleventh Hour" Massacre Records 1997
MINISTRY OF TERROR "Fall Of Life" Foundation 2000 1995
CYNIC "Focus" Roadrunner 1993
LOUDBLAST "Desincarnate" FNAC Music 1991 VENDIDO
DEATH "Is Just The Begining" (TRIBUTO) Nuclear Blast 1994 (duplo)
END OF GREEN "Infinity" Nuclear Blast ?
BROKEN HOPES "Swamped In Gore" Metal Blade 1991 VENDIDO


(alguns destes discos podem ser de outros estilos)


metalcamera@gmail.com - 936902132

quarta-feira, junho 10

ARRANJAR UNS TROCOS PARA O METALWAY FEST



Estive a arrumar tralha e descobri algumas preciosidades que de certeza interessam a quem faz coleção...
Tenho para venda as K7 originais de:
PROCYON "Obsessed By Time" 1987 VENDIDA
PROCYON "Last Seeds Of Mind" 1990 (duas)
ALKATEYA "Face To Face" 1990 VENDIDA
SACRED SIN "Promo Tape 91"
THE COVEN "Into The Future" 1989 VENDIDA
DOVE "Dum Spiro Spero" ?
WC NOISE "You Better Shut Up" 1992 VENDIDA
AFTERDEATH "Unreal Sight" ? VENDIDA
ENFORCE "Enforce"
BLACK WIDOWS "Promo Tape" ?
INFERNAL DREAMS "Promo Tape 95" 1995
THORMENTHOR "Dissolved In Absurd" 1990 VENDIDO
THORMENTHOR "Dissolved In Absurd" 1990 (1 tema)VENDIDO
SHRINE "Demo 92" 1992 VENDIDO
REBELLION "Phoenix" 1997
REQUIEN LAUS "For The Ones Who Died" ?
EXILED "Exiled" ? VENDIDA
MASSACRE "Mortal Remains" ? VENDIDA
GANGRENA "Promo Tape 93" 1993
ORATORY "Sarcastic Soul" ?
IN SOLITUDE "Reflections" ? VENDIDA
IN SOLITUDE "Children Of The Dark" ? VENDIDA
PLEASE REMEMBER "Up There On The Moor" 1997 (duas)
GOBLIN "Hang Dog Look" ?
DISAFECTED "After"
BRAINDEAD "The Final Judgement" VENDIDA
ATTICK DEMONS "Promo Tape 96" 1996
WREK AGE "We Love It Loud" 1990
MORBID DEATH "Nomad"
SHIVER "Reflections" ?
ETERNAL MOURNING "My Soul's Grief" VENDIDO
DISGORGED "Emotional Wound"
CRACK DOWN "Blame" ?
SQUAD "97"
Tenho ainda algumas tapes estrangeiras como:
FLOTSAM AND JETSAM "Quatro" MCA ?
PSYCHOTIC WALTZ "Psychotic Waltz" 1989
THANATOS "Omnicoitor" 1989
CARCASS "Embodiment" Earache 1993 VENDIDA
DEMENTED TED "Despair" 1992
DIMMU BORGIR "Death Cult Armageddon" 2003
RAVEN "Wiped Out" 1982
FUNERAL CULT "Korowodi Cieni"
DORSAL ATLANTICA " Searching For The Light" Wild Rags Records 1990
etc

Isto não é tape trading, é mesmo venda!
A ver se arranjo alguns trocos para o Metalway...
Façam propostas para: metalcamera@gmail.com
Vendo tudo junto ou separado... Aceito ofertas. Os que colecionam sabem o que isto vale.
CM

segunda-feira, junho 8

METAL GDL FEST 09 - Grândola a ferro & fogo... ou quase



Estivemos pelo quarto ano consecutivo em Grândola, cobrindo o Festival Metal GDL para o jornal "Diário do Alentejo" e ainda para a magazine "Loud!".
Aqui está a prosa que vai sair no "Diário do Alentejo"...
Este ano vieram menos metaleiros a Grândola. Pelo quarto ano consecutivo o Parque de Exposições foi palco do único festival de heavy metal que se realiza no Alentejo.
A ameaça de mau tempo e alguns aguaceiros iam estragando a festa, no entanto durante os concertos nunca choveu!
A festa começou na sexta-feira com dois palcos gémeos, onde nove bandas mostraram o seu valor. A organização optou por sonoridades thrash, death e grind-core… e isso também afastou algum pessoal que gosta do heavy-metal mais clássico. Se o estimado leitor já franze o sobrolho ao ouvir o termo “heavy-metal” nem queira saber como soam os Namek de Almada… aquilo é um atentado sonoro… mas o grind-core é mesmo assim.
No entanto quando toca alguma banda de que não se gosta, aproveita-se e visita-se o bar, as “bejekas” a um euro chamavam por nós… e o tempo estava abafado… marcha!
No primeiro dia gostei dos My Enchantment do Barreiro, andam às voltas com a gravação do álbum mas responderam à chamada e deram um bom concerto. Depois um projecto já com alguns anos os We Are The Damned de Lisboa e com um potencial explosivo. São um quarteto (ficaram sem a vocalista recentemente) e antes militavam também nos Painstruck e Twenty Inch Burial… Dos Cryptor Morbious Family já não gostei tanto, mas o vocalista tem garra e limando algumas arestas serão uma banda a dar cartas no futuro.
Os Thee Orakle vieram de Vila Real… para mostrar o seu novo álbum “Metaphortime” e convenceram. Os dois vocalistas funcionam bem e a música tem laivos de progressivo com voz gutural (ele) e voz melódica (ela).
Os Namek impressionaram-me pela pujança da vocalização… apesar de imperceptivel… deram um grande concerto e tinham fãs no recinto. Dos espanhois Haemophagia não gostei e dos Simbiose também não… muito barulho!
Surpresa da noite foram os Bizarra Locomotiva, encaixados entre bandas heavy quando tocam um rock industrial musculado. A banda anda na estrada promovendo o “Albúm Negro” e a performance do vocalista é demolidora. Tiveram a ajuda preciosa de Fernando Ribeiro dos Moonspell em três temas. A fechar os holandeses Sinister deram um bom concerto, death metal bem técnico… mas o pessoal já estava de rastos… eram 3 horas da manhã…
No sábado a chuva continuou a ameaçar… mas não passou daí… mesmo assim houve estragos no recinto durante a noite, o vento soprou forte!
Onze bandas era o que nos esperava para a contenda… Abriram os Decrepidemic de Braga… muito ruido… os Crushing Sun de Vila do Conde… idem
Dos alemães Cilice não gostei… Os nossos Theriomorphic tocam death metal, mas já consigo aglutinar … continuam a malhar no álbum de 2008 “The Beast Brigade”.
Os Gwydion são uma excelente aposta de folk-metal e com o limar de algumas arestas serão grandes no futuro. Para já tem muitos fãs e a música é alegre e leva à dança guerreira! Bebem cerveja por cornos de boi… boa! E vivam os vikings…
A surpresa do dia Nervecell. Vieram do Dubai e arrasaram! Muito técnicos apesar de death e com festivais marcados por toda a Europa. Aconselho visita ao seu myspace: www.myspace.com/nervecell
Depois tocaram as duas bandas que nos levaram ao GDL deste ano: Os Switchtense e os Pitch Black… não que as outras bandas não fossem boas, mas porque esta é que é a sonoridade que me faz vibrar: o thrash-metal!
Primeiro os Switchtense da Moita com o álbum “Confrontation Of Souls” levaram a assistência ao frenesim e ao mosh. Continuam em alta e isso é salutar. Os Pitch Black apresentaram o novo vocalista (foi o vocalista de Switchtense que gravou o CD) e também estiveram bem. Promoveram da melhor maneira o novo disco “Hate Division” mas também tocaram malhas mais antigas. Os franceses Benighted tocam grind-core e tinham uma quantidade de fãs no recinto. Dos Kronos não gostei e os holandeses Legion Of The Damned achei medianos… boa técnica, mas nada de novo!
O Festival precisa de nomes mais sonantes! Gostei da ideia de trocar copos vazios por uma imperial… o recinto ficou quase limpo!
O DA agradece desde já todas as facilidades oferecidas. Viva o Metal!
AM

This page is powered by Blogger. Isn't yours?